quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Não se mexa! Você está sob a quadratura de Marte X Saturno.

Eu sempre digo por trás do meu Mercúrio e do meu regente da terceira casa em Virgem: nada como a experiência prática para o aprendizado. Por isto, impossível desacreditar da Astrologia, pois a vivencio no dia-a-dia.

Os trânsitos de Marte sempre mereceram minha atenção diária. Ele é o deflagrador das brigas, acidentes e catástrofes mundiais e pessoais. Adoraria saber os dados de nascimento do PM que disparou seu revólver na cabeça do torcedor são paulino. Aquilo foi uma fatalidade típica de uma quadratura marciana: é óbvio que a intenção não era atirar na cabeça do moço que até já havia se rendido, mas o nervosismo levou ao descontrole e o descontrole a atitudes impulsivas irreversíveis. Sem contar que, Marte rege naturalmente todas as armas de fogo, armas brancas e objetos pontiagudos.

Estava pisando em ovos e evitando qualquer confronto ou situação em que teria que depender de ações e atitudes, pois sabia que o tiro iria sair pela culatra. Esta semana “peguei leve” com tudo o que me cercava: eu estava em plena quadratura de Marte que começou a aspectar meu Ascendente e enquadrar meu Saturno, terrível e implacável, em Peixes na quarta casa. Ao longo da minha vida, percebi que, além de terrível e implacável, ele é extremamente sensível a trânsitos de outros planetas, afinal ele está exilado na quarta casa e, na minha opinião, exilado por signo também (tenho minhas próprias conclusões a respeito de domicílios e exaltações dos astros). Enfim, estava esperta principalmente no que concernia às áreas da minha vida influenciadas por Saturno: meu lar, minha locomoção e minha grana. Terça-feira passada constatei que o pneu da minha bike estava furado, coloquei a câmara-de-ar no carro e fui ao borracheiro para consertar. Na volta, a embreagem do carro foi para o saco. Ao adquirir o kit de embreagem em uma loja na Ceilândia, levei uma facada – depois fiquei sabendo que comprei uma peça original e gastei mais que o dobro. Depois de tanta correria, resolvi relaxar assistindo os noticiários e, de repente, escuridão geral. Uma fase do meu condomínio caiu e fiquei bem uma hora sem luz. Depois não diga que não avisei. Sim, astrólogos não são todo-poderosos e passam por sufocos. Astrólogos também têm mapas astrológicos.

Nenhum comentário:

Pesquisar neste blog